Liderança e produtividade, por que uma não funciona sem a outra?

separator
Compartilhar

Por Millor Machado

Se existe um tema que já foi abordado de diversas maneiras, esse tema é a liderança.

Seja na política ou religião, mas também no mundo empresarial, a importância de bons líderes é sempre reconhecida como item crítico para o sucesso de qualquer organização.

Nessa área, questões como definir a visão do grupo, inspirar e motivar pessoas no dia-a-dia, definir comportamentos desejados e, principalmente, servir de exemplo, são muito conhecidas como competências essenciais para quem quer se destacar como líder.

Numa outra área de grande impacto no mundo empresarial, a palavra “produtividade”, geralmente traz à cabeça a ideia de números.

Seja através de metas e indicadores de vendas, eficiência operacional ou lucratividade, os números possuem um papel importantíssimo no dia-a-dia de qualquer empresa que tenha o mínimo de foco em produtividade.

Porém, apesar de serem temas tratados de forma similar, meu ponto principal é que eles não são apenas similares. No fundo, liderança e produtividade são a mesma coisa.

Cada uma representa um lado de uma moeda, mas é essencial ter claro que a moeda é uma só: o sucesso do time.

Imagine por exemplo que exista um líder extremamente carismático, capaz de definir uma visão que inspire um número enorme de pessoas, mas que no fim das contas não consiga gerar resultados relevantes.

Será que esse líder manterá sua posição por muito tempo?

No outro extremo, imagine uma pessoa extremamente produtiva, que domine todas as metodologias e ferramentas, tenha uma capacidade única de executar tarefas com velocidade e qualidade e seja um exemplo impecável de organização pessoal e profissional.

Porém, ao se focar tanto em aumentar a própria produtividade, essa pessoa se tornou incapaz de desenvolver relacionamentos, seja com seus liderados, superiores, pares ou parceiros.

Será que essa pessoa irá muito longe com essas características?

Na prática, toda vez que pensamos em liderança e produtividade de forma isolada, estamos ignorando um lado essencial da moeda, que fará falta mais cedo ou mais tarde.

Nesse cenário, talvez você esteja pensando: “Mas Millor, a liderança envolve questões mais humanas, ligadas a pessoas. Enquanto isso, a produtividade envolve questões mais analíticas, ligadas a números. É muito difícil conciliar essas duas competências!”.

Pois é, não tenho a menor dúvida de que sejam características muito difíceis de serem desenvolvidas em conjunto. Mas quem disse liderança é algo fácil?

Em um mundo menos competitivo, ser bom em apenas um dos lados da moeda era algo bem factível. Temos inúmeros exemplos de organizações que cresceram sem olhar para seus indicadores, ao mesmo tempo em que praticamente qualquer organização do século XX se sustentou tratando suas pessoas como “recursos humanos”.

Porém, no mundo atual, uma costureira deixou de concorrer com as costureiras do seu bairro e passou a concorrer com a internet inteira, que pode entregar um produto de altíssima qualidade em pouquíssimo tempo e custo extremamente competitivo.

Mesmo em setores como o mercado financeiro, dominado por gigantes e com alta barreira de entrada, conseguimos ver a turbulência causada por empresas jovens e com fome de revolucionar a forma que os negócios são feitos.

Ou seja, se antes você tinha bons resultados sendo só inspirador ou só produtivo, agora isso não é mais o suficiente. Nesse mundo acelerado em que vivemos, você precisa dominar os dois lados da moeda para não ficar para trás.

Caso essa questão da liderança produtiva seja um tema que te interesse, recomendo muito um e-book gratuito chamado Os 4 maiores inimigos da produtividade do empreendedor.

Apesar de ter um foco específico em quem está empreendendo, esses inimigos da produtividade são comuns a praticamente qualquer líder empresarial. Com dicas práticas e aplicáveis, o e-book pode te ajudar a ter um dia-a-dia mais produtivo e, consequentemente, aumentar sua probabilidade de sucesso enquanto líder.

Para ter acesso ao material, é só clicar aqui.

 

Millor Machado assina a coluna sobre Liderança e Produtividade, no Inova360, parceiro do portal R7. É CEO e co-fundador do GPS de Gestão e possui uma extensa experiência como executivo e consultor, auxiliando líderes de diversos setores a atingirem melhores resultados. Tem um quadro sobre Liderança e Produtividade no programa de TV Inova360, na Record News.

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/millormachado/

Site: www.gpsdegestao.com.br