Inovações com e sem propósito: como não desperdiçar uma chance histórica