Covid-19 muda tendências de comportamento do consumidor

separator
Compartilhar

Por Alexandre Poseddon

Com milhões de pessoas ao redor do globo em suas casas, como ação para conter a pandemia de coronavírus, diversos segmentos do mercado enxergam com dúvidas qualquer futura ação de marketing nas empresas, mas, muitos outros identificam oportunidades.

O distanciamento social que mantém as pessoas em casa como sugestão de diretrizes de segurança para combater o avanço da pandemia irá gerar uma mudança drástica nas tendências de comportamento das pessoas.

Algumas destas mudanças já podem ser notadas, como aumento do número de telespectadores e o crescimento de assinaturas de TV a cabo ou plataformas de streaming.

Segundo aponta uma revista de negócios, apenas nos Estados Unidos, a Disney+ já apresentou um crescimento de 200% durante o período de quarentena, se comparado à semana anterior.

Outras plataformas também registraram aumento considerável em assinaturas, como HBO Now (90%) e Netflix (47%).

Além da mudança em entretenimento, o mercado de marketing digital também vê um crescimento na demanda por serviços de consultorias e prestação de serviços diversos.

Muitas empresas que ainda não tinham seu processo de marketing e vendas consolidados pela internet buscam serviços como consultoria de marketing para pequenas empresas e consultoria para implantação de lojas virtuais.

Empresas de pequeno porte procuram iniciar um processo de transformação digital, tentando se adaptar à nova realidade do mercado. Vejo essa busca como uma drástica mudança na forma como fazemos negócios. O digital será permanente de agora em diante.

Rafael Coelho, diretor comercial da Agência Vixus, relata que, na contramão de muitas empresas, a agência está abrindo posições de trabalho em meio à crise, por conta do aumento na demanda por serviços de marketing digital e relata ainda.

Muitos comerciantes com negócio local tem procurado a agência para saber como pode ajudar a criar um sistema de delivery e divulgar para seu público.

Trata-se de um público em potencial para o marketing digital, que estava acostumado a viver de indicação ou de pessoas que passavam em frente de seu comércio local, como donos de empórios locais, mercearias, padarias de bairro

No caso da Vixus, que trabalhava exclusivamente com grandes contas, seu diretor conta que a agência está abrindo as portas para os pequenos negócios, oferecendo consultoria e serviço de anúncio em Google Ads e Facebook cobrando apenas o custo. Nessa hora difícil a palavra de ordem é ajuda e colaboração.

Tudo indica que algumas mudanças nos hábitos de consumo e no comportamento serão permanentes e é a hora certa de se adaptar e aprender uma nova forma de fazer negócios por meio do marketing digital e processos de vendas online.

Alexandre Poseddon é consultor especialista em estratégias de marketing digital e e-commerce. Formado em Marketing pelo grupo IBMEC, tem MBA em Gestão de Negócios e MBA em Gestão de Pessoas. É sócio-diretor da Agência Vixus e atua no mercado digital há mais de 12 anos